Dia Mundial da Hipertensão: Reduza o Consumo de Sal - terça-feira, 15 maio 2018


É assinalado a 17 de Maio o Dia Mundial da Hipertensão, com o propósito de chamar a atenção para a necessidade de controlar a tensão arterial para a prevenção de doenças, assim como do AVC (Acidente Vascular Cerebral), a principal causa de mortalidade em Portugal.

Segundo a informação divulgada pela Sociedade Portuguesa do AVC, no país existem, cerca de dois milhões de adultos hipertensos. Apenas 11% tem a sua tensão controlada e metade não sabe que tem esta doença.

O consumo excessivo de sal é um fator de risco para a hipertensão. Deste modo, a médica Sandra Alves, membro da Sociedade Portuguesa do AVC, deixa algumas sugestões de como reduzir o consumo de sal.

- Diminua a quantidade de sal que adiciona para tempero ou confeção dos alimentos;
- Use e abuse das ervas aromáticas, especiarias ou sumo de limão para substituir o sal;
- Não coloque o saleiro na mesa;
- Demolhe muito bem o bacalhau seco. Não sabe bem como o fazer? Primeiro passe as postas de bacalhau por água corrente para remover a maior quantidade de sal. Em seguida coloque as postas com a pele virada para cima num recipiente com água fria e mantenha-o dentro do frigorífico. Certifique-se que muda a água 3 a 5 vezes por dia. Quantas horas se deve demolhar? Depende do peso de bacalhau: acima de 3 kg, deve demolhar cerca 48 a 60 horas; entre 2 a 3 kg, cerca de 40 a 48 horas; e entre 1 a 2 kg, cerca de 30 a 40 horas.
- Evite o consumo de alimentos ricos em sal: batatas fritas de pacote, enchidos e fumados, aperitivos salgados, conservas e enlatados, determinados tipos de queijo, sobretudo os mais curados, azeitonas, alguns molhos, alimentos pré-confecionados (aqueles que se compram pré-cozinhados e só precisam de ir ao forno ou microondas), sopas instantâneas, bolachas e biscoitos, caldos concentrados de gorduras (aqueles “cubinhos amarelinhos” que se usam para cozinhar e que estão repletos de sal e gordura de má qualidade).
- Leia muito bem os rótulos dos alimentos. Evite alimentos que, por 100 g, possuem mais de 1,5 g de sal e modere a ingestão dos que têm entre 0,3 e 1,5 g de sal. Alimentos que, por 100 g, possuem valores de sal inferiores a 0,3 g são mais benéficos.