Suporte a Tv Amadora

CM Amadora Lança 2º Edição do Programa Revitalizar de Apoio às Empresas Actualidade

CM Amadora Lança 2º Edição do Programa Revitalizar de Apoio às Empresas

A pandemia de COVID-19 criou dificuldades económicas para o comércio local e, consequentemente, a manutenção dos negócios e mesmo dos postos de trabalhos são situações delicadas atualmente. Depois de já ter ajudado várias empresas com a primeira edição do programa e para contrariar esta tendência a Câmara da Amadora lança o programa Revitalizar 2.0.

A partir de dia 7, segunda-feira, os proprietários de restauração, comércio a retalho e prestação de serviços e entre outros serviços – que, por força da pandemia, tiveram de fechar – vão poder inscrever-se neste programa, que terá um orçamento de um milhão de euros.

Contudo, há requisitos que as empresas têm de cumprir. Um deles é que a atividade dos estabelecimentos concorrentes não deve exceder os 250 mil euros até ao final deste ano (facto que deverá ser comprovado) e as empresas têm de, pelo menos, ter atividade aberta de um período de nove meses no ano de 2019. Outro requisito será o facto de os empresários cujo rendimento bruto familiar em sede de IRS não deve ultrapassar o valor de 50 mil euros no ano de 2019, o qual deverá ser comprovado através da declaração de IRS. Além destes requisitos, as empresas não podem ser abrangidas pela primeira edição deste plano Revitalizar.

As empresas que forem selecionadas vão ter acesso a uma prestação de 1500 euros, ou seja, um equivalente a duas remunerações mínimas mensais garantidas, calculadas com base em 14 meses. As inscrições estão abertas até o dia 30 de dezembro de 2020 e têm de ser feitas através do preenchimento de um formulário que está no website da Câmara da Amadora.